Saber Tooth

Tazion, tomada do poço de pixe

morte de Snouth

[level 6]
Explorando ao norte do poço do polvo o grupo localizou uma construção que resisitu ao tempo e à selva e a explorando encontraram mais alguns charau-kas que caíram pela lâmina e mísseis mágicos
Mais ao norte encontraram outra construção, ainda maior, e tomada por um poço de piche no seu interior, Brixus a contornou rapidamente e sem atravessar um poço de piche havia uma única entrada, foram à ela.
Logo na entrada uma armadilha feriu alguns dos aventureiros e depois de curas rápidas continuaram a entrar, charau-kas não pareciam serem mais problema.
A construção estava tomada de árvores centenárias e no seu cento brotava um poço de piche, e charau-kas esperavam aninhados em várias pedras desde que a armadilha se desarmou, Brixus, a pé, Sailor, Kyras e Kalel adentraram atravessando o poço de piche aos saltos pelas pedras que mostravam caminho junto a pequenas pontes de cipó no lago de piche, Mitaboos seguiu imediatamente; Gilraem e Fabull ficaram do outro lado do lago.
jungle-temple.jpg
Os aventureiros seguiam derrubando Charau-kas e durante o combate se separaram, ficando Brixus e Sailor de um lado e Kyras, Kalel e Mitabo de outro.
O grupo de Kyras encontrou quatro humanos amarrados a uma churrasqueira de chão, e durante o combate os charau-kas atearam fogo neles.
Enquanto isso Brixus e Sailor combatiam do outro lado do lago de piche, num lugar ainda cercado pelos muros da construção milenar.
Logo após o último dos charau-kas cair Snouth seguiu os aventureiros e ao atravessar alguns pontilhões de cipó estes cederam ao peso do grande smilodon e separaram-se os heróis, Mitabo ainda conseguiu saltar e alcançar Sailor e Brixus mas Kalel e Kyras completamente armadurados em ferro e aço não podiam atravessar os saltos entre as pedras.
Brixus, Sailor, Mitabo e Snouth foram acabar de vasculhar a construção, pelo seu desenho externo estavam quase no final e Charau-kas não eram páreo para eles, foi quando depois de passarem por uma estátua de elefante e derrubarem mais Charau-kas Sailor entrou numa sala e viu um último Charau-ka, este vestido com pele de cobra e com uma cobra Piton de companheira, Sailor chamou por ajuda, Brixus e Snouth entraram rapidamente na sala somente para descobrirem Sailor caindo já meio morto por ataques diversos.
A Piton enrolava-se em Snouth, Brixus pensou por apenas um instante e deu o comando de ataque a Snouth, mas ele sabia que o Smilodon não era páreo para o que encontrara, sobretudo com aquele Charau-ka que evocava Yodersius em poderes profanos; com Sailor nos ombros Brixus saltou o fosso de piche que separava a sala em que estavam do pátio das estátuas de elefantes gritando para Mitabo, “Recue! Um Shamã! e um monstro cobra!” neste momento os ossos de Snouth partiram sob o abraço da Piton e Brixus mesmo sem ver a cena sentiu uma pontada no peito, assim que Brixus passou por Mitabo este viu o Charau-ka enrolado em pele de cobra lançando sobre ele uma maldição de cegueira.
Desesperado e cego Mitabo soltou uma bola de fogo que retinha decorada e esta explodiu na parede oposta da sala dos efefantes, ateando fogo no piche daquela sala e em todo o piche do complexo, estavam presos dentro de um forno!
Brixus recuou com sailor por uma sala enquanto Mitabo apalpava o caminho de saída, lançando meio de todos os recursos místicos de poções de que dispunha Brixus invisível curou sailor e voltou buscar Mitabo e ao virar o canto da sala viu o Shaman Charau-ka e sua Piton se aproximando, puxou rapidamente Mitabo para a outra sala[não lembro se Mitabo ele estava invisível?] e se prepararam para dar combate a ele dentro do forno que se enchia de fumaça negra.
Do outro lado, na entrada da construção, Fabull e Gilraem vêm o terrível quadro que se montou, eles não podiam mais entrar, seus amigos não podiam mais sair e Fabull era o que detinha o poder da cura, Kyras e Kalel presos num canto do “forno” sendo cercados pela fumaça negra e sufocante, Kyras e Kalel se puzeram a preparar uma escada improvizada para fugirem por cima, Gilraem escalou o teto da construção e andava perigosamente em pedras milenares sendo lambidas por baixo pelas chamas, tudo em busca de seus amigos, enquanto isso em franco desespero Fabull se pôs a correr contornando a construção e gritando a tudo o que podia para tentar ouvir um sinal de socorro e talvez achar outra via para ajudar seus amigos.
Lá dentro, ainda meio feridos, Brixus, Mitabo e Sailor esperavam pelo inimigo virar a esquina tomada pela fumaça, assim que virou a esquina o Shamã Charau-ka lançou sua Piton para dentro da Sala e esta numa única mordida desacordou Mitabo, e o largou ao chão por comando do Shamã, ele sabia que haviam mais adversários mesmo não os vendo.
Sailor bastante ferido mas ainda invisível furtou o simbolo profano do Shamã e recuou, o inimigo não percebeu, o Shamã se aproximou de Mitabo e grunhiu em raiva quando se viu sem o símbolo e sem os poderes, foi quando espada e chicote lamberam charau-ka e piton.
Do lado de fora, enfumaçados e tossindo sem parar Kyras e Kalel conseguiram sair, mas ao preço de abandonarem suas armas, contornavam cambaleantes a construção quando ouviram os gritos de Fabul e correram até ele, Fabull ouvira o combate de Brixus e Sailor, e eles tentavam achar uma maneira de ultrapassar os muros da velha construção.
Lá dentro Brixus apontou uma árvore alta para Sailor “prá lá! suba!”, não deu tempo, Sailor vitimado caiu.
Num movimento não natural Brixus escalou a árvore em pequenos saltos que só os heróis conseguem fazer, ao chegar no seu topo viu os amigos que se aglomeravam na parte de fora da construção em chamas, “preparem-se, estou levando o monstro!” e num salto se jogou construção afora, a Piton o seguiu um segundo depois e foi morta pelos aliados que esperavam do lado de fora.
Assim que abateram a piton Kalel começou a escalar o muro e chegando lá em cima se viu de frente com o shamã, mas sem sua espada “uma arma, rápido”, Brixus já estava junto dele e lhe passando sua espada longa se jogou pra dentro do muro para procurar por Sailor e Mitabo, talvez ainda houvesse tempo. Os demais estavam barrados pela parede, ninguém mais conseguia escalar naquele momento.
O Shamã foi morto, por flechas e espada, houve tempo de salvar Mitabo e Sailor, mas não para salvar Snouth, Brixus estava com a postura, semblante e olhar diferente, estava realmente de luto.
Mais tarde foram recuperados parte das armas dos guerreiros de armadura, e um lugar para descansarem foi montado ali mesmo, perto do piche incendiado, longe do seu calor e fumaça, mas suficientemente perto para usarem as paredes como proteção.
Brixus velava Snouth e uma coluna de fumaça podia ser vista por quilômetros na mata, uma coluna de fumaça que queimaria por semanas.
PillarOfSmoke.jpg

Comments

josoefreitas josoefreitas

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.